Kannemann ignora debate do “melhor futebol” do país: “Não é problema meu”

Publicidade

Focado apenas em suas tarefas dentro de campo, o zagueiro gremista Walter Kannemann não está interessado nas repetidas discussões sobre “quem joga o melhor futebol do Brasil”. Em entrevista coletiva concedida nesta semana, ele lembrou que os jogadores apenas tratam de cumprir o papel dentro de campo.

“Eu sei que estamos fazendo um bom trabalho há um par de anos. Não é fácil chegar em três semifinais de Libertadores, ganhar uma Copa do Brasil, chegar na semi de novo. Não somos o melhor plantel em quantidade do Brasil, nem o time com mais dinheiro. Então, fazer o que estamos fazendo não é fácil. Depois, se é bonito ou não, não é problema meu”, disparou.

Veja:

O zagueiro argentino também avaliou que o Grêmio atravessa o seu melhor momento na temporada:

“Nós começamos ganhando o Gaúcho bem, acho que sem tomar gol, um gol só, depois no Brasileiro não começamos muito bem, na Libertadores também não. Mas chegamos na semifinal da Libertadores, melhoramos no Brasileiro. Acho que sim, estamos no melhor momento do ano”, destacou.

Em 7° com 31 pontos no Brasileirão, o Grêmio recebe o Avaí nesta quinta-feira.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)