Notícias do Inter e notícias do Grêmio | Zona Mista

Jornalista cutuca Jesus e o Flamengo: “Grêmio monta seleção sem R$ 160 milhões”

O jornalista e comunicador da Rádio Gaúcha, Pedro Ernesto Denardin, deu o seu pitaco na “troca de recados” protagonizada pelos técnicos Renato Portaluppi e Jorge Jesus nos últimos dias. Para o narrador, o Grêmio, ao contrário do Flamengo, não precisa de muito dinheiro para montar a sua “seleção”.

“O Grêmio, com cerca de R$ 10 milhões, está indo muito bem, obrigado. Neste momento, o Everton é o melhor do país. Não custou nada, a não ser a atenção dos dirigentes no seu futebol e na sua formação. Vale o mesmo para os talentosos Matheus Henrique e Jean Pyerre, titularíssimos do meio-campo. Eles valem milhões. Assim como a dupla formada por Geromel e Kannemann. Apesar de todo dinheiro carioca, eles não têm uma zaga igual. Claro que o Flamengo está poderoso com as contratações que fez, mas o Grêmio não fica atrás. E nem precisou de toda essa fortuna. Existem várias formas de fazer uma seleção”, escreveu em sua coluna no portal GaúchaZH.

O que disse Renato?

“Falar de Flamengo agora… falta um mês para a primeira partida. Respeito a opinião do Jesus, está fazendo um bom trabalho, mas ele falou que o Flamengo joga o melhor futebol por estar em 1º lugar. Então se perder posição não é o futebol mais bonito? Me dá R$160 milhões que eu monto uma seleção. O Grêmio joga o melhor futebol do Brasil há 3 anos, o Flamengo começou agora. Parabéns aos dois clubes por chegarem na semifinal, respeitamos eles”, considerou.

O que disse Jorge Jesus?

“Aceito a opinião do treinador do Grêmio, é a opinião dele. Se falarmos no Campeonato (Brasileiro), não é, né? Quem joga melhor é quem vai à frente. Não há quem joga melhor e esteja atrás. Na Libertadores, aí sim, e na Copa do Brasil também. Mas jogar melhor é subjetivo. Uma coisa é jogar bonito, outra é melhor. Mas aceito a opinião dele. Para mim, o melhor futebol é do Flamengo”, frisou na última quarta, mudando de tom no domingo:

“Não quero entrar por aí. Tenho uma opinião e respeito a dele. Respeito muito o técnico Renato Gaúcho, ele já está aqui há 3 anos e ganhou muito. Eu cheguei agora e não ganhei nada. Quero ficar concentrado nos objetivos do Flamengo, título nacional e chegar a final da Libertadores”, afirmou.

Estamos no Telegram e WhatsApp (Link)

    Estamos também no Telegram:
  • Clique aqui para entrar no grupo para acompanhar as notícias do Grêmio
    Estamos também no WhatsApp:
  • Clique aqui para entrar no grupo 19 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 22 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 23 para acompanhar as notícias do Grêmio.

Publicidade