Jogadores do Inter reclamam da arbitragem depois da derrota para o Coritiba: “Jogamos contra o juiz”

Inter perdeu em casa por 4x3 para o Coritiba e deixou de crescer dentro do Brasileirão

Publicidade

A arbitragem de André Luiz Skettino Policarpo Bento neste domingo, no Beira-Rio, na derrota de 4×3 para o Coritiba, irritou os jogadores do Inter. Logo de cara, o juiz expulsou Vitão após revisão no VAR e fez o técnico Eduardo Coudet ter que mudar a estratégia, tirando De Pena para a entrada de Igor Gomes. Para o meia Alan Patrick, autor de um gol de pênalti, houve “falta de critério” em vários lances:

“Aquela expulsão no começo… não sou muito de falar de arbitragem, mas não dá para entender a falta de critério. Deixaram os jogadores nervosos com as decisões de campo. Queríamos colocar nosso ritmo, mas a expulsão logo cedo nos colocou em dificuldade. Num jogo desse nível, quando se tem muitos erros pontuais compromete o resultado. Temos que seguir. Vínhamos jogando bem e quarta-feira precisaremos reagir”, reclamou Alan Patrick.

Veja também:
1 De 5.985

Mauricio foi ainda mais além que o colega e disse que o Inter precisou jogar contra o Coritiba e também “contra o juiz”. Ele reclamou da não expulsão de Bianchi por entrada no tornozelo de Aránguiz:

“Estamos jogando contra o juiz. Ele podia ter dado vermelho para o cara na falta do Aránguiz. E foi bem o cara que fez o gol. Não vou nem falar porque posso pegar punição, mas está difícil ter que jogar contra ele também”, citou o meia.

Inter joga na quarta-feira de novo

Com as voltas de Mercado e Wanderson, mas sem os suspensos Vitão, Johnny e Mauricio, o Inter joga novamente na quarta-feira, outra vez em casa, a partir das 19h, diante do lanterna América-MG.

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas