Jogador queria ficar: o motivo da saída de Rafael Sobis do Inter

Publicidade

Bicampeão da Libertadores nos anos de 2006 e 2010 e um dos maiores ídolos da história recente do Inter, Rafael Sobis encerrou na semana passada a sua terceira e provavelmente última passagem pelo clube. Mas não por sua própria vontade, que era de permanecer no Inter.

Antes mesmo do final do Brasileirão, Sobis chegou a declarar ter o desejo de “vim para morrer aqui”, quando perguntado sobre a vontade de renovar contrato. A entrevista foi dada após a derrota de 2×0 fora de casa para o Ceará.

Durante o evento Lance de Craque, no Beira-Rio, no sábado, o presidente colorado Marcelo Medeiros deixou claro que a não continuidade foi uma decisão da nova comissão técnica do clube, liderada pelo argentino Eduardo Coudet.

“Eu acho que isso mostra a grandeza do Sobis (vontade de ficar). É um jogador que faz parte da nossa história, de duas conquistas históricas. O jogador que quer ir embora do Inter não se identifica com o clube, né? Mas foi uma decisão da comissão técnica e é compreensível e natural que ele se sinta assim”.

Aos 34 anos, o atacante pretende seguir atuando profissionalmente e está livre no mercado. Nas últimas semanas, o RB Bragantino, que subiu à Série A neste ano, foi apontado como um dos interessados.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)