Clube julgado, presidente absolvido e a volta do Beira-Rio e CT: as últimas do Inter

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou o Sport Club Internacional e o presidente Alessandro Barcellos

Nesta quarta-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) realizou o julgamento envolvendo o Sport Club Internacional e o presidente Alessandro Barcellos. Os incidentes em questão ocorreram durante a terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

O Inter foi julgado por atrasar o retorno ao gramado após o intervalo, e como resultado, o clube foi multado em R$ 1 mil. Por sua vez, o presidente Barcellos enfrentou denúncias relacionadas a ofensas descritas na súmula da partida. No entanto, ele foi absolvido, pois o caso “prescreveu”.

Veja também:
1 De 6.113

De acordo com o site GZH, durante a audiência, o presidente do STJD em exercício, Dr. Eric Charello, explicou: “R$ 1 mil em razão do atraso. Referente à questão do presidente, eu classificaria no artigo 258 (punição por uma partida), mas, em decorrência da prescrição, está absolvido. Este é o resultado do julgamento.”

Alessandro Barcellos também se manifestou sobre o caso, afirmando: “Ele (Felipe Fernandes de Lima) mudou a palavra e botou ‘safado’. Eu nem uso este vocabulário. Talvez ele tenha ficado irritado com a minha cobrança e tenha feito uma súmula onde ele supostamente tenha entendido alguma coisa que eu não falei.”

Veja a súmula escrita pelo árbitro Felipe Fernandes de Lima (MG):

Clube julgado, presidente absolvido e a volta do Beira-Rio e CT: as últimas do Inter

Em resumo, o Inter enfrentou o julgamento por atraso, enquanto o presidente Barcellos teve sua absolvição decretada. O resultado foi divulgado nesta quarta-feira pelo STJD.

Dirigente do Inter atualiza sobre a volta do Beira-Rio e CT Parque Gigante

Em uma entrevista recente, o Vice-Presidente de Patrimônio do Internacional, Gabriel Nunes, trouxe informações importantes sobre o retorno do estádio Beira-Rio. Segundo ele, existe a possibilidade de que a partida contra o Vasco, marcada para o dia 7 de julho, seja realizada no Beira-Rio.

Nunes destacou que, apesar de algumas pendências, o estádio está em melhores condições do que muitos outros onde o time já jogou. Em uma breve recuperação do jornalista Fabiano Baldasso em seu canal, o dirigente afirmou: “Na volta ao Beira-Rio, vão ter coisas que não estarão 100%. Já jogamos em estádios que não estavam em condições para receber jogo, hoje o Beira-Rio está melhor que vários lugares que nos receberam. Na minha avaliação, tem uma chance de 70% do jogo entre Internacional e Vasco da Gama, dia 7 do mês que vem, ser no Beira-Rio.”

Além disso, o dirigente também comentou sobre as reformas no CT Parque Gigante, que foi bastante afetado pelas enchentes. A principal pendência atualmente é o gramado do CT, que provavelmente estará pronto até o final de julho. As áreas administrativas e a academia do CT serão concluídas antes disso.

“Hoje a nossa principal pendência é o gramado do CT. Provavelmente ele vai ficar pronto no final do mês de julho. A academia do CT e áreas administrativas vão ficar prontas antes”

Com essas atualizações, os torcedores do Internacional podem esperar ansiosamente pelo retorno do Beira-Rio e pela retomada das partidas em casa. A expectativa é de que o estádio esteja preparado para receber os jogadores e a torcida.

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas