No aguardo do “fico” de Coudet, Inter estabelece quatro contratações prioritárias para 2024

Com três jogos restantes no Brasileirão, colorado espera confirmar vaga na Copa Sul-Americana

Publicidade

Após vencer o Bragantino por 1×0 dentro do Beira-Rio neste domingo, o Inter respirou mais aliviado no Brasileirão e praticamente eliminou os riscos de rebaixamento no Brasileirão. A tendência nas três rodadas finais é de classificação à Copa Sul-Americana de 2024, ano em que o time deverá, naturalmente, ir ao mercado para buscar reforços.

Tudo passa, claro, pela eleição do dia 9 de dezembro entre o atual presidente Alessandro Barcellos e o representante de oposição, Roberto Melo. Mas uma coisa, desde já, une as duas chapas: o desejo de manter o técnico Eduardo Coudet para o ano que vem.

Esperando o “fico” de Coudet, o Inter já tem quatro posições prioritárias para contratações visando 2024, de acordo com o site GZH. São estas: um zagueiro, um volante, um meia e um atacante. Vale lembrar que o volante Johnny, atual titular do time, deverá se transferir ao Betis, da Espanha, já em janeiro. E Mauricio, meia titular, também tem chances de entrar em alguma negociação.

Inter pode priorizar reforços nacionais

Um dilema que o Inter terá que enfrentar no mercado é sobre trazer novos jogadores estrangeiros. Com limite de sete por partida no Brasil, o clube tem oito no atual elenco: Rochet, Bustos, Mercado, Nico Hernández, Hugo Mallo, Carlos De Pena, Aránguiz e Enner Valencia. Se todos permanecerem, a tendência é que as buscas se concentrem em atletas brasileiros.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)