Imprensa da Colômbia estranha falta de utilização de Campaz no Grêmio: “Chama a atenção já que se pagou tanto”

Meia-atacante colombiano não tem tido minutos nos últimos jogos, mas segue à disposição

Contratado por cerca de R$ 21 milhões na última janela de transferências junto ao Tolima-COL, o meia-atacante Jaminton Campaz não vem sendo utilizado no Grêmio e esta situação de momentâneo ostracismo já chama a atenção da imprensa do seu país. Após chegar, o jogador de 21 anos atuou contra Flamengo e Corinthians na Arena e, depois, não saiu mais do banco.

Em entrevista concedida ao site GZH, o jornalista dos canais ESPN da Colômbia, Julian Capera, admitiu que este momento de Campaz no início no futebol brasileiro tem despertado a atenção dos colombianos:

“Chama a atenção que não se use um jogador pelo qual se pagou tanto, uma cifra que o Tolima não está acostumado a receber. Não deixa de nos parecer estranho”, afirmou Capera.

“É uma das grandes promessas do futebol colombiano. Nas suas últimas aparições aqui, pelo Tolima, todos tínhamos claro que, rapidamente, ele iria para uma liga mais competitiva. Por essas atuações também recebeu o chamado da seleção colombiana. E foi para uma Copa América, numa convocação que tem muita relevância”, acrescentou.

Campaz
Meia-atacante Campaz tem jogado pouco no clube – Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Para Capera, a expectativa dos colombianos era de que Campaz, ao menos, fosse ter uma regularidade em campo pelo Grêmio:

“Vimos o interesse gigante dos torcedores do Grêmio por qualquer informação publicada. Havia uma repercussão imensa. Nos demos conta, com isso, da expectativa grande criada em torno desse jogador. Quando atuou seus primeiros minutos (contra o Flamengo, pela Copa do Brasil), imaginamos que ele seria levado em conta aí no Grêmio”, acrescentou.

Felipão nega problemas com Campaz

O técnico gremista Felipão, publicamente, nega existir qualquer tipo de problema de relacionamento com o atleta. E garante que as opções tomadas são de ordem tática e técnica. Depois da derrota de 4×2 fora de casa para o Athletico, no domingo, o treinador indicou que Campaz será mais utilizado quando o time for mais ofensivo:

“Depende como a gente vai jogar, como nos posicionamos contra o adversário seguinte. Se houver uma situação que precisarmos jogar numa mentalidade mais ofensiva, para cima do adversário, pode ser. Se não, vamos ser equilibrados para não correr riscos. Vamos jogar com jogadores que possam dar aquele estilo para somar pontos. Tanto Campaz quanto outros jogadores têm condições de iniciar um jogo. Em algum momento ele pode começar, sim”, explicou o treinador.

Para auxiliar Campaz em sua adaptação ao Brasil, o Grêmio está promovendo a ele algumas aulas de português para facilitar o idioma e a compreensão das instruções no dia a dia. Ele permanece como alternativa e poderá ser utilizado domingo, 20h30, contra o Sport, na Arena.

    Estamos também no Telegram:
  • Clique aqui para entrar no grupo para acompanhar as notícias do Grêmio
    Estamos também no WhatsApp:
  • Clique aqui para entrar no grupo 18 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 27 para acompanhar as notícias do Grêmio.