Guerrero e Aránguiz: dirigente se pronuncia sobre especulações no Inter

Publicidade

Logo depois da vitória de 1×0 sobre o Botafogo, fora de casa, que recolocou o Inter perto da vaga na Libertadores via Brasileirão, o diretor-executivo de futebol, Rodrigo Caetano, falou sobre dois nomes bem comentados no clube: o centroavante Guerrero, autor do gol contra os cariocas, e o volante Charles Aránguiz.

Guerrero tem sido alvo de sondagens do Boca Juniors para a próxima temporada, enquanto Aránguiz é alvo antigo da direção do Inter e da torcida – ele tem contrato com o Bayer Leverkusen até metade de 2020.

Veja as falas de Caetano:

Guerrero: “Eu não penso em negociar, nem o presidente pensa em se desfazer de uma referência técnica. Temos os nossos limites e se, por ventura, qualquer clube investir forte em nossos atletas, vamos lutar com as armas que temos. Principalmente na questão pessoal. O Paolo sempre cumpriu seus contratos. Todo final de temporada surgem especulações, algumas viram propostas, e eu só posso responder se isso acontecer”.

Aránguiz: “Não vamos fazer loucuras que comprometam o futuro do clube. Temos vários exemplos no Brasil inteiro de clubes que estão penando por uma gestão temerária, e isso implica no resultado de campo. Vamos fazer o possível e o impossível para ter os melhores. Óbvio que eu gostaria de ter o Charles (Aránguiz) aqui, mas até agora não passou de uma especulação da mídia”.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)