Guerrero, D’Alessandro, Gre-Nal e Libertadores: os destaques da coletiva de Coudet

Após desembarcar em Porto Alegre na noite da última quarta-feira, o técnico Eduardo Coudet já iniciou o trabalho e foi apresentado oficialmente no Beira-Rio na manhã desta quinta. Com uma sala de imprensa lotada de repórteres, dirigentes, conselheiros e sócios, o argentino concedeu a sua primeira entrevista coletiva, da qual registramos os principais destaques abaixo:

Guerrero: “Não temos garantia de que Paolo fica. Começamos a conversar agora para saber com qual plantel irei iniciar. Tenho que começar a dar forma ao que pretendo. Armar uma equipe competitiva que seja protagonista. Quero ser competitivo constantemente. Já conversei com Guerrero. Ele sabe o que eu penso. Espero que ele possa seguir conosco. Quero competir e ser protagonista. E ele também. Estamos na mesma linha. O que eu poderia fazer já fiz. Agora é uma decisão pessoal dele. Ele sabe que queremos que ele fique”.

D’Alessandro: “Tenho uma relação boa com D’Alessandro. Já dirigi jogadores que tinha boa relação. Isso não me dificulta. As regras são claras para todos. Todos tem o mesmo trato. Tentarei ser sempre o mais justo possível”.

Gre-Nal e Libertadores: “Gre-Nal é algo passional. Algo como eu vivi no Rosario Central com dois times da mesma cidade. Não podemos desviar o foco de um possível clássico na Libertadores. Temos que olhar para o adversário chileno. E não pensar mais adiante. Isso não pode nos confundir.