fbpx

Grupo político do Inter gostaria de ver Paulo Roberto Falcão na presidência

Em busca de novas lideranças na política do Inter, o Grupo Inove tem o desejo de lançar Paulo Roberto Falcão como candidato à presidência futuramente. Por conta das normas do estatuto do clube, a candidatura não poderá ser no pleito de 2020, mas trata-se de um desejo a longo prazo do movimento.

Uma das regras para qualquer candidato que se interesse à cadeira mais poderosa do Inter é ser conselheiro do clube, algo que Falcão não é (entenda aqui as regras). O repórter Carlos Lacerda, das Rádios Inferno e Gre-Nal, deu mais detalhes da situação:

“Inove conversa com Falcão para fazer parte do grupo. Não pode ser presidente agora, porém, ideia é de concorrer ao conselho do clube e futuramente no conselho de gestão. O grupo tentou derrubar a exigência do quarto integrante do conselho de gestão ser conselheiro e não passou”, informou.

Campeão brasileiro e grande craque do clube na década de 70, Falcão está no rol de maiores ídolos da história do Inter. Recentemente, teve duas passagens sem sucesso como treinador, nas temporadas de 2011 e de 2016 – na última, fez somente cinco jogos na campanha que culminou no inédito rebaixamento.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas