Grêmio recebe notícia desanimadora sobre Michael e pode focar em outras alternativas

Direção gremista segue com dificuldades em viabilizar a negociação com o atacante

Publicidade

Apesar do desejo já declarado várias vezes pelo técnico Renato Portaluppi, o Grêmio segue com dificuldades na negociação por Michael, do Al-Hilal, da Arábia Saudita. Nesta quinta, o repórter André Hernan, especialista em mercado, fez uma atualização do caso e reforçou o quanto o clube árabe está decidido em apenas vender e não emprestar o atacante.

“Al-Hilal segue na mesma linha: só aceita negociar Michael se for venda. Jogador é valorizado pelo clube e uma negociação por empréstimo é totalmente descartada pelos árabes. Jogador está de férias em Goiânia”, declarou o jornalista.

Paralelamente, o Grêmio mantém negociações avançadas com Juan Iturbe, que é atacante, canhoto, nascido na Argentina e tem 30 anos. Ele atua no Aris, da Grécia, podendo ser uma opção de ataque para Renato assim que o negócio for fechado. Outro nome citado recentemente foi o de Soteldo, do Santos, que tem contrato no Peixe até o meio deste ano em empréstimo do Tigres, do México.

Técnico do Grêmio falou recentemente de Michael

Em uma recente entrevista concedida à reportagem da Rádio Gre-Nal, Renato falou sobre Michael e do quanto o atacante gostaria de atuar no Grêmio. Mas confirmou que a situação seguia esbarrando na parte financeira e que nesta parte ele não entraria:

“Sempre penso de forma positiva. A vontade dele é muita grande de jogar aqui. A minha também. Mas esbarramos no financeiro, e nisto não me meto. Os clubes precisam se acertar”, citou.

Com a reabertura da janela logo no começo do mês que vem, o Grêmio poderá trazer jogadores e já fazer as inscrições para que possam atuar contra o Bahia pelas quartas de final da Copa do Brasil. Desde que, claro, não tenham jogado o torneio por outro clube antes.

Saiba mais:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas