Para comentarista, Grêmio “degringolou” após a venda de Bitello: “Gota d’água da crise técnica”

Meio-campista atualmente defende as cores do Dínamo Moscou, da Rússia

Publicidade

Na avaliação do comentarista e jornalista Diogo Olivier, do Grupo RBS, os problemas técnicos do Grêmio no Brasileirão se acentuaram a partir da saída de Bitello. O jovem meio-campista, que era titular absoluto desde 2022, ainda na época de Roger Machado, saiu em negociação com o Dínamo Moscou, da Rússia, por 10 milhões de euros – o tricolor teve direito a 70% desta quantia.

“Tudo começa a degringolar a partir da saída de Bitello, sempre o melhor parceiro de Suárez e, ao mesmo tempo, alguém que marcava por ele, Cristaldo e quem mais cansasse na hora de defender. Bitello foi a gota d’água da crise técnica que fez o Grêmio cair na tabela”, afirmou Olivier em coluna no site GZH.

Veja também:
1 De 5.997

“Sem Bitello, são quadro derrotasdois empates e apenas duas vitórias. Vale lembrar que um dos triunfos, contra o Palmeiras, poderia ter sido diferente. Comentei o jogo, na Arena. O Palmeiras desperdiçou muitas chances, especialmente no primeiro tempo”, acrescentou o jornalista.

Bitello sempre ligado no Grêmio

Recentemente, Bitello esteve de folga do seu atual clube e fez uma visita aos amigos do Grêmio no CT Luiz Carvalho, deixando um recado para as redes sociais gremistas:

“Fala, torcida tricolor! Estou aqui no CT e vim visitar a galera e a comissão. Podem ter certeza que estou acompanhando vocês lá de fora por mais vitórias esse ano. Estou muito feliz. Valeu. Forte abraço e estamos juntos”, declarou.

https://twitter.com/Gremio/status/1712570223696457872

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas