Grêmio adianta cota de TV de 2023 e faz empréstimos bancários para manter salários do atual elenco em dia

Situação financeira segue não sendo das melhores dentro do Grêmio e dará trabalho ao próximo presidente

Como já era de se imaginar, a parte financeira do Grêmio sofreu uma abrupta queda em função da queda para a Série B. Um dos objetivos era reduzir a folha salarial mensal para cerca de R$ 7,5 milhões, mas o departamento de futebol não conseguiu diminuir a tal ponto. Como forma de manter os jogadores com salário em dia, o clube recorreu a empréstimos bancários, segundo o jornalista Jeremias Wernek, de GZH.

“Primeiro precisamos contextualizar essa situação. Nós tivemos uma redução de receitas, de 2021 para 2022, na ordem dos R$ 200 milhões. Então já era previsto, com base no planejamento, que tivéssemos a necessidade de buscar recursos financeiros no mercado. Até porque não tínhamos capacidade de reduzir as nossas despesas tão rapidamente em um montante tão elevado”, explicou Carlos Amodeo, CEO do clube, que irá sair em dezembro, em entrevista ao site GZH, antes de falar da folha salarial:

Veja também:
1 De 6.100

Na lista de Renato? Reinaldo vive clima de despedida e deve dar adeus ao São Paulo neste domingo

“Nós planejamos uma folha salarial na ordem dos R$ 7,5 milhões. Isso não foi atingido. Até porque tínhamos contratos longos que não conseguimos renegociar e também precisávamos manter um elenco capaz de voltar à Série A em segurança. Vamos supor que a folha média tenha ficado em R$ 10,5 milhões. Só nesta equação, a gente já chega a R$ 40 milhões de despesas adicionais. O déficit, que é de conhecimento público, de R$ 55 milhões, tem como razão principal a folha excedente do departamento de futebol”.

Grêmio antecipa cotas de TV

Amodeo, na mesma entrevista, também confirmou que o Grêmio adiantou uma parcela dos direitos de transmissão de 2023 em negociação feita com a Globo:

“Nós fizemos uma negociação direta com a Globo. Isso faz parte de uma estratégia financeira para ter um custo menor na captação de recursos no mercado. Fizemos um mix de operações. Uma parte dos recursos nós tomamos através dos empréstimos e o saldo restante fizemos uma negociação direta com a Globo, tendo uma antecipação de uma parcela pequena dos direitos de transmissão do próximo ano”, ampliou.

Na memória: o zagueiro que Roger Machado pediu ao Grêmio antes da contratação de Kannemann

O tema financeiro será um dos temas sensíveis de tratamento direto envolvendo o próximo presidente do clube. No sábado, dia 12, os sócios do Grêmio vão escolher entre Alberto Guerra e Odorico Roman.

VEJA MAIS:

Acesse o canal do nosso WhatsApp e ative o sininho para receber notícias:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas