Felipão opina sobre realização de Flamengo x Grêmio, justifica ausência de Campaz e prega cautela por saída do Z4

Confira algumas das principais declarações de Luiz Felipe Scolari depois de Grêmio 2x0 Ceará

Logo depois da vitória de 2×0 diante do Ceará na Arena, dando um respiro ao Grêmio dentro do Brasileirão, o técnico Luiz Felipe Scolari garantiu que vai preparar o seu time para jogar normalmente diante do Flamengo, na quarta-feira, 21h30, independente da presença de torcida no Maracanã. Este fato vem irritando a direção gremista, que vê “quebra de isonomia” pelo fato de que, no jogo da ida das quartas da Copa do Brasil, não houve presença de torcida na Arena.

“Nossa parte nós vamos fazer. Vamos ao Rio para jogar futebol. O Grêmio entrará em campo, fará um jogo normal, independente se tem uma liminar, se tem público ou não tem. Isso não entra no vestiário”, declarou Felipão.

Em relação às opções feitas no time para o jogo frente aos cearenses, Felipão explicou com normalidade a ausência de Campaz, que ficou apenas no banco de reservas.

“Fiz a opção pelo Alisson por uma situação tática. Campaz fez seu trabalho normal durante toda semana. Se precisássemos ele (Campaz) teria entrado. Não aconteceu nada com o Campaz. Ele treinou, mas escolhi o Alisson por uma questão tática”, justificou o treinador.

Felipão fala da saída do Z4

Para o treinador gremista, o torcedor ainda terá que ser paciente para ver o time fora da zona de rebaixamento. Neste momento, o time é o 18° com 19 pontos e, segundo Scolari, a saída da zona poderá ser pela 11ª ou 12ª rodada, já em outubro.

“Se continuarmos assim, acho que conseguimos sair (da zona do rebaixamento) ali pela 11ª, 12ª rodada do returno. Mas antes disso, pela pontuação, acho difícil”, apontou.

Pelo Brasileiro, o Grêmio volta a jogar diante do próprio Flamengo, no domingo que vem, às 20h30, no Rio.

  • Clique aqui para entrar no grupo 15 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 28 para acompanhar as notícias do Grêmio.