Notícias do Inter e notícias do Grêmio | Zona Mista

Ex-Inter, Argel critica Jorge Jesus: “Só ganhou o Português, que é um triangular”

O técnico português Jorge Jesus parece ter comprado uma briga grande com os treinadores brasileiros, que não gostaram da sua declaração publicada pela revista So Foot recentemente. Nela, o atual comandante do Flamengo diz que os técnicos do Brasil estão “ultrapassados”.

Ex-zagueiro do Inter e também ex-técnico do colorado, hoje no CSA, Argel contestou a fala de Jesus:

“No futebol cada um fala o que pensa. É uma questão de interpretação… Eu conheço o Jorge (Jesus), trabalhei contra ele em Portugal. Ele trabalhou em vários clubes pequenos lá até chegar a trabalhar no Benfica. Eu acho que o futebol brasileiro tem espaço para todos os treinadores. Esse tipo de comparação, eu acho que não vale a pena você comentar até porque o Jesus, se você olhar, só ganhou o Campeonato Português, com o Benfica. Eu já joguei cinco temporadas no Benfica e é obrigação de qualquer treinador e qualquer jogador. Lá existem três clubes: Benfica, Porto e Sporting, que já faz anos que não ganha. Então, o Jorge não foi campeão da Taça Uefa, por exemplo, nem da Champions League, passou longe disso. O melhor treinador português na atualidade é o Mourinho. O Mourinho é referência, o Mourinho, sim, foi campeão da Champions League, da Taça Uefa, foi campeão na Itália, na Inglaterra, em Portugal. Então há uma diferença muito grande”, disse, antes de concluir:

“Pelo que eu conheço do Jorge (Jesus) como pessoa, eu acho que ele não quis colocar dessa forma. É uma notícia que já tem muito tempo. Isso foi no ano passado, quando ele estava na Arábia. Eu acho que hoje ele pode ver, ele tá dentro do contexto do Campeonato Brasileiro, a dificuldade que é jogar o Campeonato Brasileiro, que tem dez equipes que brigam pelo título e dez equipes que brigam contra o rebaixamento. Não é o Campeonato Português. O Campeonato Português é um triangular, essa é a grande verdade. Lá é Benfica, Porto ou Sporting”.

A fala de Jesus foi a seguinte:

“O treinador brasileiro já foi um pouco ultrapassado em tudo que diz respeito ao treinamento. Você acha que isso acontece por quê? Porque sempre tiveram grandes jogadores e esses resolvem os problemas táticos sozinhos. Os treinadores não foram obrigados a pensar e criar ideias coletivas. E acabaram sendo ultrapassados. Agora está começando a mudar. Eles querem todos vir para a Europa para entender nossa metodologia de treinamento. Mas os brasileiros continuam a jogar na rua, e é na rua que a gente cria os talentos”.

Estamos no Telegram e WhatsApp (Link)

    Estamos também no Telegram:
  • Clique aqui para entrar no grupo para acompanhar as notícias do Inter
    Estamos também no WhatsApp:
  • Clique aqui para entrar no grupo 24 para acompanhar as notícias do Inter.
  • Clique aqui para entrar no grupo 22 para acompanhar as notícias do Inter.
  • Clique aqui para entrar no grupo 15 para acompanhar as notícias do Inter.

Estamos no Telegram e WhatsApp (Link)

    Estamos também no Telegram:
  • Clique aqui para entrar no grupo para acompanhar as notícias do Grêmio
    Estamos também no WhatsApp:
  • Clique aqui para entrar no grupo 19 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 22 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 23 para acompanhar as notícias do Grêmio.

Publicidade