Empresário diz que Yuri Alberto valeria mais se batesse pênaltis e alfineta Aguirre por Mauricio na reserva: “Falta só ele querer”

André Cury, agente de jogadores de futebol, concedeu entrevista nesta terça-feira à Rádio Gre-Nal

Publicidade

Conhecido por sua personalidade de frases fortes, sem ficar de “rodeios” durante entrevistas, o empresário André Cury tratou abertamente do caso de dois jogadores do Inter agenciados por ele próprio: o centroavante Yuri Alberto, que, segundo ele, valeria mais dinheiro se cobrasse pênaltis e Mauricio, que ainda não é titular absoluto do time.

No caso das penalidades máximas, Edenilson é quem se mantém como o cobrador oficial, tendo apenas um erro contra o Olimpia, no Beira-Rio, pela volta das oitavas de final da Libertadores.

Veja também:
1 De 6.008

“Se ele batesse os pênaltis que bate o Edenilson, certamente valeria 20 milhões de euros. Já teria uns 18 gols no campeonato. Ele não tem pressa nenhuma de sair, está bem adaptado e isso é bem importante”, disse Cury sobre Yuri Alberto, antes de relembrar a sua contratação do Santos em 2020:

“No caso do Yuri, eu ofereci o jogador para o Rodrigo (Caetano) e, de prontidão, ele comprou o barulho, lutou, brigou internamente. O Alessandro foi também um cara que brigou muito. Muita gente dentro do clube dizendo que não era pra contratar”.

Mauricio ainda não é titular absoluto do Inter – Foto: Divulgação/Inter

Em relação a Mauricio, o agente deixou uma certa cutucada em Diego Aguirre pela falta de utilização com mais frequência na titularidade:

“Falta só o Aguirre querer. Se vocês olham os jogos, vão concordar comigo. A gente teve oferta pra ele quando estava no Cruzeiro, aqui no Inter, tivemos várias consultas, nada oficial”, colocou.

Mauricio está cotado para ser titular do Inter na quinta-feira, 20h, diante do Bragantino, em casa, na vaga do suspenso Edenilson. O colorado é o 7° colocado com 39 pontos no Brasileirão.

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas