Em último ato no Inter, Caetano confirma saída de Musto, atualiza Taison e se defende sobre Coudet: “Lutei para que ficasse”

Confira os principais destaques da coletiva de imprensa do executivo de futebol Rodrigo Caetano

Publicidade

A já esperada saída de Rodrigo Caetano do cargo de executivo de futebol do Inter se tornou oficial nesta quarta-feira, quando, em coletiva virtual de imprensa, ele se despediu mostrando gratidão pela oportunidade recebida – ele ocupava o cargo desde o mês de maio da temporada de 2018.

Na última entrevista como profissional do clube, Caetano também confirmou que Musto está de saída, que Saravia tem renovação encaminhada e que lutou “até o último minuto” para a permanência do técnico Eduardo Coudet. Veja abaixo as principais declarações do dirigente:

Saída de Eduardo Coudet:

“A saída do Coudet não dependeu do clube. Fomos na Argentina, mais de uma vez, para oferecer um projeto de 2 anos. Eu fui particularmente mais de uma vez, acompanhado do vice da época, Roberto Melo. Toda vez que eu fiz manifestações foi preservando os interesses do clube. Minha relação com o Coudet segue sendo excelente. Trocamos mensagens até hoje, e sei o quanto ele gosta dos profissionais que aqui ficaram. Lutei até o último minuto para que ele ficasse aqui. Creditar à diretoria a sua saída não é justo”

Entrevista polêmica dada depois da vitória contra o Atlético-GO:

“Minhas declarações não foram pessoais. Nada do que foi dito daquela vez foi diferente do nosso discurso interno. Queria que os torcedores entendessem. Não tenho essa pretensão. Até porque as redes sociais é terreno de ódio e destruição”

Convites de outros clubes:

“Eu até posso ter sido prejudicado pela lealdade e comprometimento com o clube. Mas isso é uma questão de principio. Tive muitos convites. Alguns deles que quase viraram proposta. Mas eu cumpro contratos”

A decisão de sair do Inter:

“Foi uma decisão conjunta. Não fiz nenhum pronunciamento antes de conversar com o novo presidente. Não era justo da minha parte pensar em outro local antes de ouvir ele”

Musto não segue no clube em 2021:

“O Musto cumpre o contrato dele até o dia 31 de dezembro e depois se despede do clube. Aqui fica minha gratidão eterna a ele. Não foi um jogador que levou a melhor sorte. Infelizmente. Um grande profissional, que suportou muita coisa e nunca saiu em sua própria defesa”

Permanência de Saravia:

“A questão do Saravia já foi repassada para a nova direção. Já temos encaminhado um novo empréstimo com o Porto. Mas há um acordo que ainda não está sacramentado com ele e seu agente”

Taison:

“As conversas com o Taison já são de muito tempo. Ele tem contrato com o Shakhtar. Não se pode fazer oferta até o começo de janeiro. Já repassamos isso para a nova diretoria. Se vai haver acerto, vai depender da nova diretoria. O que precisa acontecer é que, no momento que for permitido assinar um pré-contrato, ele aceitar. Depois negociar uma liberação com o Shakhtar. As conversas com ele sempre foram positivas e esperançosas”

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)