Em tom de desabafo, Guerrero menciona reserva no Inter e diz ainda ter dores no joelho: “Fico um pouco triste”

Centroavante peruano concedeu declarações à imprensa do seu país nesta quinta

Publicidade

Após ser titular e participar da vitória do Peru por 2×0 sobre o Chile nesta quinta-feira nas Eliminatórias Sul-Americanas, o centroavante Paolo Guerrero conversou com jornalistas peruanos adotando até um certo tom de desabafo para revelar que ainda sente dores no joelho direito, que foi o operado em agosto de 2020.

Ao se dizer “triste” por tal situação, Guerrero relembrou que vem tendo poucos minutos no Inter, onde o titular absoluto do time treinado por Diego Aguirre é Yuri Alberto.

Veja também:
1 De 6.008

“Tenho atrito com todos os zagueiros, é normal, faz parte do jogo. Quanto tempo vou demorar para chegar ao meu nível? Primeiro, resolver o problema do meu joelho que parece não querer me deixar jogar. Eu estou lidando com isso com calma, com paciência. Para mim, é importante estar jogando (no Peru), no meu time não posso jogar, e isso me deixa um pouco triste”, lamentou Guerrero.

O peruano de 37 anos cumpre mais dois compromissos pelo Peru contra Bolívia e Argentina na próxima semana antes de voltar a ficar à disposição de Aguirre para a reta final do Inter no Brasileirão.

No momento, Guerrero tem 16 jogos e dois gols pelo Inter na atual temporada e o seu futuro segue incerto, uma vez que tem contrato vigente apenas até dezembro deste ano.

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas