Notícias do Inter e notícias do Grêmio | Zona Mista

Em coletiva curiosa, Renato Gaúcho defende André e faz cobranças a Luan

A imensa maioria da torcida do Grêmio tem críticas a André e deposita créditos a Luan. Só que, logo após o empate em 0x0 com o Corinthians neste sábado, na Arena, pelo Brasileirão, o papel foi invertido por Renato Portaluppi em sua coletiva: o centroavante foi defendido e as cobranças foram para o camisa 7.

Por conta de um desgaste de Diego Tardelli, André voltou a iniciar como titular e teve desempenho discreto. Para Renato, o jogador é perseguido pela imprensa e usou até o exemplo do colorado Nico López, que ficou 24 jogos sem fazer gols e, na visão do técnico gremista, não recebia as mesmas críticas.

“Sou treinador. Há uma perseguição da imprensa sobre o André. Houve jogador do Inter que ficou 20 jogos sem marcar e não teve 10% da pressão sobre o André. Há horas que jogará o André e outras que atuará o Tardelli”, disparou.

Já Luan, que vem substituindo o lesionado Jean Pyerre, ainda precisa “melhorar muito” na opinião do comandante.

“O Luan precisa melhorar muito ainda. Ele está longe de ser aquele Luan. É de nível superior e esperamos exatamente isso dele. Ele melhorou porque estava muito mal, mas precisa melhorar muito mais para nos ajudar. Voltar a ser aquele Luan de 2017 vai ser difícil. Muita gente falou que ele jogou muito contra o Flamengo. Menos, gente! Pelo que a gente conhece do Luan, precisa dar muito mais para a gente”, falou.

Com o empate diante dos paulistas, o Grêmio segue em 8° lugar com 35 pontos. Na quarta-feira, em Caxias do Sul, recebe o Ceará.

Estamos no Telegram e WhatsApp (Link)

    Estamos também no Telegram:
  • Clique aqui para entrar no grupo para acompanhar as notícias do Grêmio
    Estamos também no WhatsApp:
  • Clique aqui para entrar no grupo 29 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 20 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 25 para acompanhar as notícias do Grêmio.

Publicidade