Eliminação gera surpresa e faz Inter mudar planejamento para o próximo jogo da temporada

Elenco colorado terá uma semana de trabalho até o próximo compromisso

Publicidade

A eliminação nos pênaltis para o Juventude dentro do Beira-Rio nesta segunda-feira, pela semifinal do Gauchão, causou frustração, irritação e até surpresa no Inter. A confiança era grande de que o time fosse conseguir um bom resultado, até por ter vencido todos os jogos dentro de casa na temporada até então. Longe da final estadual pelo terceiro ano seguido, o colorado agora terá uma semana de trabalho visando o próximo jogo.

Inicialmente, a ideia da comissão técnica era dar minutos para quem não vinha jogando muito e promover estreia de reforços, como Bernabei e Thiago Maia, no duelo contra o Belgrano terça-feira que vem, na Argentina, às 19h, pela abertura da Sul-Americana. Agora, irá força máxima para este confronto.

“Hoje (segunda-feira) foi o primeiro round e amanhã (terça) tem o segundo. A cada dia vai ser um round até nós estrearmos na Sul-Americana com toda a força e garra para buscar o resultado. Vão ter vários rounds, alguns mais fortes e outros mais positivos, mas eles vão acontecer”, declarou o presidente Alessandro Barcellos depois da queda no estadual.

Para a estreia na “Sula”, em grupo que ainda tem Delfín-EQU e Real Tomayapo-BOL, o Inter também terá os retornos do volante Fernando e do atacante Rafael Borré. Ambos não podiam jogar o Gauchão e haviam feito a estreia na vitória sobre o Nova Iguaçu pela Copa do Brasil.

Agenda do Inter:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul