Edenilson sai em defesa dos mais experientes do elenco do Inter: “Se continuamos, algo de bom a gente tem”

Camisa 8 colorado concedeu entrevista um dia depois da derrota de virada no Gre-Nal

Um dia depois da derrota de virada por 2×1 para o Grêmio no Beira-Rio, pela ida da final do Gauchão, o volante colorado Edenilson concedeu coletiva de imprensa e saiu em defesa dos jogadores mais experientes do elenco em pergunta feita pelo repórter Thiago Suman, da Rádio Inferno, que também citou outros nomes como Marcelo Lomba e Rodrigo Dourado.

LEIA MAIS – Taison se mostrou indignado e liderou cobranças no vestiário após derrota no Gre-Nal, diz jornalista

Na avaliação do camisa 8, se esses jogadores mais experientes seguem no clube é “porque algo de bom a gente tem”:

“Você usou exemplos de insucessos, mas não usou o caminho pra chegar até eles. O Brasileirão tem 30 e tantas rodadas e pra você chegar no final com chances de título vai precisar ganhar a maior parte antes disso. Não compactuo com essa ideia de só momentos decisivos ser no último jogo. Você tem razão quando diz que não conseguimos trazer o resultado para o clube, que é o título. Se nós somos os jogadores que continuamos é porque algo de bom a gente tem e o clube vê isso na gente. No momento que não servirmos mais, será um ciclo normal entre clube e jogador para ambos buscarem o melhor caminho. Como atletas e profissionais iremos acatar”, declarou.

Confira o vídeo desta resposta:

Antes, em uma outra resposta, Edenilson garantiu estar fechado com o técnico Miguel Ángel Ramírez para a sequência do ano:

“Primeiramente, foi uma iniciativa minha conversar com vocês justamente para esclarecer a declaração pós-jogo. Acredito que, no calor e indignado com a derrota, acabei tentando fazer uma avaliação da partida que a gente sofreu a virada. Mas longe de falar do esquema do treinador ou da forma de jogar. Quis dizer que naquele momento estávamos expostos, sem conseguir jogar, oferecendo contra-ataques para o rival. No vestiário conversamos todos e nos cobramos. Resolvemos chegar aqui hoje para trabalhar e melhorar isso”, opinou.

Com a presença de Edenilson, o Inter parte para uma semana bastante decisiva na temporada, tendo o Olimpia quinta-feira fora de casa pela Libertadores, às 21h, e depois o Grêmio na Arena, no domingo, às 16h, pela volta da decisão estadual.

  • Clique aqui para entrar em um grupo de WhatsApp e acompanhar as notícias do seu time.