Edenilson estranha postura do juiz em dar amarelo a Patrick por simulação: “Será uma perda grande”

Autor do gol do Inter diante do Sport está suspenso e não enfrenta o Vasco da Gama no domingo

Publicidade

Destaque do Inter na arrancada de nove vitórias seguidas no Brasileirão, o meia Patrick já é uma das ausências confirmadas para o duelo de domingo, 16h, fora de casa, diante do Vasco da Gama. Ele levou amarelo por simulação de pênalti na derrota de 2×1 em casa para o Sport nesta quarta-feira e cumprirá suspensão automática.

O lance, no entanto, chamou a atenção do volante Edenilson, que estranhou o cartão dado pelo árbitro Rodolpho Toski Marques e reconheceu que se trata de uma “grande perda” visando o próximo jogo:

“Não lembro a última vez que um juiz deu cartão por simulação. [A perde do Patrick] é uma perda grande, é um jogador de extrema qualidade, fez o gol hoje. Temos 3 dias pra trabalhar e a gente tem que aprender com o jogo de hoje”, comentou.

Mesmo com a derrota, o Inter segue na liderança com um ponto de vantagem diante do Flamengo faltando três jogos. Edenilson não quer ver o time desistindo em momento algum:

“Aprendemos no Gre-Nal a não desistir, viramos o jogo nos acréscimos. Não vamos jogar a toalha, sendo que estamos na frente”, ampliou.

Confira as entrevistas coletivas e mais declarações de Edenilson:

“Isso de resolver a partida no início é uma característica do nosso time. Lógico que uma expulsão sempre condiciona na maioria das vezes o resultado. Mas foi em um lance bobo que poderíamos ter corrigido e evitado”
.
“Temos um jogo importantíssimo contra o Vasco. Perderam hoje também e estão em uma situação complicada. Temos que acertar as coisas e foco total neles”
.
“Sabemos que deixamos escapar uma chance de abrir uma vantagem. É conversar com o professor Abel, corrigir os erros, e jogar com todo mundo de igual para igual”
.
“Contra o São Paulo todos falavam que já havíamos perdido o jogo. Cada um busca algo no campeonato e temos que ter ciência disso”
.
“Realmente, foram lances estranhos mesmo (gols). Temos que levar como aprendizado. Fazem diferença esses detalhes. Não podemos culpar ninguém, chegamos a liderança como um grupo”

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)