“É insubstituível”: como foi a ligação por telefone entre Tiago Nunes e Renato na última quinta-feira

Novo treinador gremista conversou com o seu antecessor por telefone na última quinta

Publicidade

Foi com muita admiração, reverência e até gratidão que Tiago Nunes, novo treinador do Grêmio, falou do seu antecessor no cargo Renato Portaluppi em sua coletiva de imprensa de apresentação nesta sexta-feira, revelando, inclusive, uma conversa telefônica realizada no dia anterior.

A conversa, segundo Tiago, foi mais no sentido de “boas-vindas” e de receptividade do que de assuntos técnicos ou táticos. Ainda assim, as palavras a Renato foram muito elogiosas:

“O Renato é insubstituível. Por toda a ligação histórica que tem com o clube. Não tenho intenção de substitui-lo. Mas, sim, de dar continuidade ao legado vencedor que ele deixa e dar sequência aos anos bons que o Grêmio vem mantendo na última década. Eu já conversei com o Renato ontem por telefone. Ele foi muito receptivo e carinhoso. Faço esse agradecimento publicamente. Não entramos em detalhes técnicos e táticos”, declarou.

Ao avançar nos temas táticos do time em sua coletiva, o novo treinador descartou que vá promover mudanças drásticas na estrutura:

“O Grêmio criou uma característica própria de jogo nos últimos anos e eu não tenho o direito de chegar e mudar tudo isso. Tenho o compromisso de potencializar o que já tem. Todo treinador tem as suas particularidades. O Grêmio como essência de jogo conseguiu criar uma característica própria de atuar”, acrescentou.

Tiago Nunes, de contrato assinado até dezembro de 2022, fará a estreia na casamata do Grêmio neste sábado, 21h, fora, diante do Ypiranga, pelo Gauchão.

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas