Dirigente do Inter se posiciona sobre Peglow, fala de Felipe Jonatan e defende laterais: “Tranquilo com Moisés e Léo Borges”

Vice de futebol João Patrício Herrmann atualizou várias negociações do Inter nesta sexta

Publicidade

Em entrevista concedida nesta sexta-feira ao programa Os Donos da Bola-RS, da TV Bandeirantes, o vice-presidente de futebol do Inter João Patrício Herrmann atualizou o mercado do clube afirmando que “não há nada” nem pela saída de Peglow ao Porto, nem pela vinda de Felipe Jonatan do Santos.

O dirigente ainda saiu em defesa dos laterais do elenco e deu a entender que os principais reforços durante a temporada virão das categorias de base:

Peglow: “O Peglow é um jogador importante, um menino e tem condições de nos ajudar bastante. Existe especulação, sim, sempre existiu. É um atleta campeão mundial. Mas nesse momento não tem nada”

Felipe Jonatan: “Sobre o Felipe Jonatan, o Santos só libera por venda. É um lateral que está em uma vasta lista de jogadores que o Inter observa. Mas é extremamente caro e neste momento não existe nada em relação a ele”

Reforços, base e laterais: “O Internacional trata dos reforços de forma interna. Esse ano tivemos 22 atletas que saíram ou por término de contrato, empréstimo ou rescisão. Existe sim uma preocupação em gerar uma situação mais tranquila para quem joga. Diminuir o grupo era importante para aproveitar melhor a base. Nós temos 50% do elenco que é da base. Estamos na semi da Copa do Brasil Sub-20 também. Sempre que pudermos trazer reforços pontuais, alguma reposição… a zaga a gente tem uma certa lacuna com a ausência do Moledo. A lateral-esquerda é muito falada, mas eu tenho tranquilidade com Moisés, com o Léo Borges, que são ótimos atletas”

Confira a entrevista de Herrmann a partir de 30:00 do vídeo abaixo:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)