fbpx

Dirigente do Grêmio mantém críticas ao VAR e diz que Diogo Barbosa no banco é opção de Renato

Tricolor gaúcho amargou mais uma derrota no Brasileirão na tarde deste domingo

As fortes críticas feitas pelo técnico Renato Portaluppi à arbitragem e à utilização do VAR foram corroboradas pelo diretor de futebol gremista Celson Matte, logo depois de Santos 2×1 Grêmio na Vila Belmiro pelo Brasileirão neste domingo. A reclamação é de um possível pênalti não dado em toque no braço de Felipe Jonathan.

“Eu já vi 6 ou 7 pênaltis no Brasileiro marcados, assim como este de hoje do Grêmio que não foi marcado. A gente não estava bem, mas isso não impede que a gente não tenha tido o pênalti marcado”, reclamou o dirigente.

Sobre a escalação, Matte explicou que as permanências de Diogo Barbosa e Ferreira no banco de reservas se deram por escolhas do treinador e que ambos estão disponíveis:

“O Diogo Barbosa está disponível. É um jogador que tem qualidade e a gente conta muito. O Ferreirinha está apto. Hoje participou do grupo, estava no banco de reservas. É opção técnica do Renato”, resumiu.

O próximo compromisso gremista é na quarta-feira, 19h15, frente ao time do Botafogo, na Arena. Veja as entrevistas do Grêmio depois da derrota para o Santos:

 

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas