fbpx

Dirigente do Grêmio elogia parte física de Campaz e explica o que segue faltando para o anúncio oficial

Meia-atacante colombiano de 21 anos se encontra em Porto Alegre desde a semana passada

Uma “burocracia pura”, com a necessidade de várias trocas de documentos, é o que segue impedindo o Grêmio de anunciar oficialmente a contratação do meia-atacante colombiano Jaminton Campaz, de 21 anos, que já se encontra em Porto Alegre desde a semana passada.

Em entrevista à Rádio Gre-Nal concedida na manhã desta segunda-feira, o vice-presidente de futebol gremista Marcos Herrmann atualizou a situação e destacou que a direção segue trabalhando para colocá-lo à disposição o quanto antes.

À Rádio Gre-Nal, vice de futebol Marcos Herrmann resumiu o que falta para o anúncio oficial de Campaz:

“Burocracia pura. Papelório. São muitas pontas a serem atendidas. O Tolima, uma escola de futebol, exigências que já foram atendidas. Então é papelório que estamos correndo atrás. Estamos trabalhando para que ele possa estar no BID e à disposição na quarta. Fisicamente ele está muito bem, é um jogador muito forte”, considerou.

O Grêmio tem até esta terça-feira para efetuar a inscrição do jogador na Copa do Brasil para que ele possa atuar contra o Flamengo, quarta, 21:30, na Arena, pela ida das quartas de final. Esta inscrição necessária até amanhã também é obrigatória para que ele atue no restante do torneio.

Para efetivar a contratação, já confirmada pelo Tolima, o Grêmio desembolsou cerca de 21 milhões de reais na atual cotação da moeda. O contrato será de quatro temporadas.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas