fbpx

Direção do Inter admite incômodo com outros clubes “atravessando” negociações de jogadores: “Isso é muito ruim”

Vice-presidente de futebol Emilio Papaléo falou sobre o tema ao jornalista Fabrício Falkowski

Em contato com o jornalista Fabrício Falkowski, que é setorista do Inter no jornal Correio do Povo, o vice-presidente de futebol colorado Emilio Papaléo Zin admitiu que a direção está incomodada com clubes que “atravessaram algumas negociações” nos últimos tempos. Vem daí a preocupação colorada em manter cautela e não abrir nomes especulados.

Recentemente, o Inter passou pela perda de última hora do meia-atacante Nikão, já anunciado oficialmente e apresentado pelo São Paulo. Na ocasião, a diretoria gaúcha se irritou com a pedida maior de comissão do empresário e se retirou das tratativas.

“Está provado que quanto mais se vazam nomes, mais difícil fica o negócio. Já tem clubes atravessando algumas negociações que estamos fazendo. Isso é muito ruim”, disse Papaléo.

Os dois nomes que seguem na mesa do Inter para reforçar o setor de ataque são os do argentino Ezequiel Barco, do Atlanta United e do uruguaio Brian Rodríguez, do Los Angeles FC.

Confira as informações repassadas pelo jornalista sobre a conversa com Papaléo:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas