Como Neymar pode ajudar o “amigo” Renato a realizar sonho antigo no comando do Grêmio

Neymar não tem permanência totalmente assegurada no elenco do PSG ano que vem

Publicidade

Com permanência incerta no PSG na próxima temporada, o atacante Neymar acaba de entrar na lista de reforços do Al-Hilal, da Arábia Saudita, que quer outro nome “grande” após não conseguir fechar com Messi, reforço do Inter Miami, dos Estados Unidos. Segundo a emissora americana CBS Sports, representantes árabes estão na França tratando da negociação pelo brasileiro.

“Fontes disseram à CBS que o Al-Hilal estaria disposto a pagar cerca de 45 milhões euros (R$ 236,5 milhões) como taxa de transferência, mas ainda não abriram diálogo com o PSG sobre a contratação”, diz matéria do portal UOL, que ainda alega que o salário de Neymar seria parecido com o de Cristiano Ronaldo, jogador do Al-Nassr.

Neymar pode ajudar Renato e o Grêmio?

Apesar de não terem contato pessoal frequente, Neymar e Renato Portaluppi têm um respeito mútuo e já trocaram alguns elogios públicos – relembre aqui. Em caso de uma eventual ida do brasileiro ao Al-Hilal, a “ajuda” seria pela liberação mais facilitada do também atacante Michael, que joga no mesmo clube e é o grande sonho de Renato desde janeiro.

Entre jogador e o Grêmio há acerto encaminhado especialmente pela boa relação de Renato com o atleta, já que trabalharam juntos no Flamengo em 2021. Porém, a liberação do Al-Hilal não é nada fácil. Estima-se que o time árabe poderia exigir um valor superior a R$ 40 milhões para liberar Michael, o que faria o tricolor necessitar novamente da ajuda de investidores.

As outras opções gremistas para o ataque na reabertura da janela em julho, como mostramos anteriormente, são Juan Iturbe, do Aris-GRE e Yeferson Soteldo, do Santos.

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas