Com o exemplo do River Plate, D’Ale pede paciência aos torcedores por novos títulos

Publicidade

Após bater na trave na Copa do Brasil, o Inter segue o seu jejum de grandes títulos e vai “testando” a paciência do seu torcedor, algo que já parece se aproximar do limite. Mas foi exatamente essa a palavra usada por D’Alessandro para resumir a atual fase do clube.

Em entrevista ao portal GaúchaZH, o camisa 10 colorado citou o exemplo do seu ex-time, o River Plate, que foi rebaixado em 2011, voltou a ganhar em 2014 e depois título encaixou vários títulos sob comando de Marcelo Gallardo.

“O River passou pelo mesmo momento que o Inter e demorou para ganhar (foi rebaixado em 2011 e conquistou o Campeonato Argentino em 2014). É planejamento, é fase. O futebol é processo. A gente tem de ter consciência de que não se conquista de um dia para o outro. É preciso se reestruturar, planejar e saber o que se fez de errado para não repetir”, disse, antes de avaliar que o colorado está “no caminho”:

“O Inter está no caminho porque já jogamos finais desde aquele episódio. Fizemos também boas campanhas no Brasileirão e na Libertadores. Pedir paciência para o torcedor é difícil,mas é preciso, porque em algum momento cai para o nosso lado de novo e o Inter estará no primeiro plano tanto nacional quanto continental”, acrescentou.

D’Alessandro é um dos jogadores do elenco colorado com futuro indefinido. Seu contrato vai até o final de dezembro e a possível renovação só será anunciada mais adiante.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)