Caio Henrique, Arana e trio de saída: Bolzan atualiza “mercado” do Grêmio

Publicidade

Em mais uma importante entrevista concedida à imprensa, dessa vez à Rádio Gre-Nal, o presidente Romildo Bolzan Jr atualizou uma série de situações vinculadas à montagem do elenco do Grêmio para a temporada de 2020. Ele confirmou que o lateral-esquerdo Caio Henrique, destaque do Fluminense, segue nos planos.

Caio Henrique: “O que temos é um interesse claro. É preciso ter o ‘ok’ do Atlético de Madrid e do Fluminense. O Grêmio permanece na expectativa para retornar a conversar com o jogador”.

Guilherme Arana: “Nunca houve negociação nesse sentido. Quem publica isso parece que quer fazer matéria diversionista. Nunca existiu nada”.

Danilo Fernandes: “Não, não. Plantaram esse assunto. Por respeito ao Inter e às relações, nunca o Grêmio teve interesse no Danilo Fernandes. Não pelo jogador, mas pelas relações”.

Pity Martínez: “É mais uma dessas notícias que tumultuam o ambiente. O Grêmio não tem a condição de fazer um negócio desse tamanho”.

André, Tardelli e Rômulo: “Esse ambiente de redes, de cobranças e que projetam um ambiente de absoluta incapacidade de convivência. Ambientes nocivos de se viver. Nessas condições, é bom que cada um siga o seu caminho. O Tardelli foi uma contratação de muita expectativa. As situações não aconteceram como desejado. Ele pediu, de fato, para sair. E não foi só uma vez. Pela manifestação pessoal, trabalhamos com a possibilidade de não contar com ele”.

Até o momento, o Grêmio contratou oficialmente o lateral-direito Victor Ferraz, que estava no Santos, vendeu Luan ao Corinthians e liberou Galhardo, Léo Moura e Felipe Vizeu.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)