fbpx

Borja e mais três: Bolzan abre, em reunião, quais as posições ainda deverão ser reforçadas no Grêmio

Pelo desejo do presidente gremista, haverá mais três contratações para esta temporada

Um dia após se reunir com ex-presidentes no encontro do “Conselho Consultivo” do Grêmio, Romildo Bolzan Jr liderou, na última quinta-feira, reunião com o Conselho Deliberativo do clube abrindo quais posições ainda deseja contratar nesta janela. A promessa da direção é não parar apenas em Borja, que já chegou, está regularizado e deve fazer a estreia na segunda, 20h, em casa, contra a Chapecoense.

O jornalista da Rádio Gaúcha, Eduardo Gabardo, soltou algumas informações desta reunião e revelou que Bolzan, aos seus pares de diretoria, abriu que o clube busca “um 8”, “um 10” e “um de beirada”. Em outras palavras, o Grêmio ainda quer um segundo volante, um meia-armador e um atacante de lado de campo.

Três nomes – um para cada setor – estiveram na pauta recentemente. Hernani seria o volante, mas fez a opção de ficar na Itália e jogar no Genoa. Gastón Ramírez voltou a receber consulta para ser o meia do Grêmio, que recuou pelo fato de o uruguaio não atuar há três meses. E Pedro Rocha teve conversas para voltar, porém, de última hora, o Spartak Moscou cobrou um valor pelo empréstimo, algo rechaçado pelo tricolor.

A busca por um volante se dá pela venda de Matheus Henrique, que irá para o Sassuolo assim que terminar as Olimpíadas. Na articulação, Jean Pyerre segue no elenco, mas Pinares está de partida para o Altay Spor, da Turquia. Por fim, o plantel também perdeu “um de beirada” que foi Léo Chú, vendido ao Seattle Sounders, dos EUA.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas