Barcellos responde se chamará Medeiros para levantar a taça junto em caso de título brasileiro

Presidente colorado concedeu entrevista ao canal Vozes do Gigante antes do Gre-Nal deste domingo

Publicidade

De tão atípica que está sendo, a temporada de 2020 – que entrou em 2021 – contou, no Inter, com uma troca de presidente em meio às competições. Já na reta final do Brasileirão, Alessandro Barcellos recebeu o clube de Marcelo Medeiros e, conforme o campeonato se desenrola, o colorado segue como um forte postulante ao título.

Neste momento, o Inter é o 1° com 59 pontos e pode abrir quatro pontos de distância ao 2° colocado se vencer o Grêmio, às 16h, no Beira-Rio. Na véspera do Gre-Nal, Barcellos foi perguntado sobre uma situação no mínimo curiosa: se chamaria Medeiros para erguer a taça junto em eventual título nacional.

O atual presidente desconversou sobre o tema, mas deixou claro que a campanha é de “todos” e que, assim, Medeiros e sua gestão também fazem parte do atual momento:

“Não vamos falar em taça agora. Vamos pensar no Gre-Nal, nos próximos jogos. A taça está mais perto, mas ainda segue distante. Precisamos ter seriedade para não cair em armadilhas. Mas reconhecimento à campanha tem que ser de todo mundo. Tenho visto muitas estatísticas, de que um não perdeu, outro ganhou mais, mas a estatística tem que ser geral. O trabalho se formou no final de 2019 com esse grupo e vai acabar em fevereiro de 2021. Temos que ser generosos. Mas vamos entender o que aconteceu dentro desse ano atípico. Faltam sete jogos e vamos encarar como finais”, prometeu em entrevista ao Vozes do Gigante.

Confira a agenda do Inter até o fim do Brasileirão:

• Grêmio (Beira-Rio) – 24/1

• Bragantino (Beira-Rio) – 31/1

• Athletico-PR (Arena da Baixada) – 04/2

• Sport (Beira-Rio) – 10/2

• Vasco (São Januário) – 17/2

• Flamengo (Maracanã) – 21/2

• Corinthians (Beira-Rio) – 24/2

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)