Barcellos promete trabalhar para ter Sonda ao lado do Inter na nova gestão: “Tudo que eu quero”

Presidente Alessandro Barcellos venceu Roberto Melo nas eleições deste sábado

Publicidade

Principal “cabo eleitoral” da candidatura derrotada de Roberto Melo, que inclusive daria a ele no Inter um cargo de vice-presidente de finanças, o empresário Delcir Sonda será procurado por Alessandro Barcellos para ser um parceiro da nova gestão. Isto porque, neste sábado, na maior eleição de um clube brasileiro, Barcellos bateu Melo e garantiu a presidência até 2026.

Se Sonda era o braço-direito de Melo na campanha, Barcellos tinha ao seu lado o também investidor Elusmar Maggi. Mas, agora, para o seu segundo mandato, o presidente colorado quer aglutinar forças em prol do clube e por isso intensificará contatos e tratativas:

“É tudo que eu quero. Quero sentar com o Delcir Sonda para que ele possa nos ajudar, como ele tinha colocado para a Chapa 2 nessa eleição. Aliás, como a Chapa 2 tinha dito, porque o Sonda não teve nenhuma condição de conversar com vocês e afirmar exatamente como ele faria isso”, prometeu Barcellos após a vitória deste sábado.

“Vamos tentar entender e oferecer os mesmos processos que estamos trabalhando para o mercado investidor, dar a ele a segurança de que este recurso vai ser utilizado da melhor forma possível, mostrando a situação financeira do Inter”, acrescentou.

Alessandro Barcellos, Inter
Alessandro Barcellos venceu Roberto Melo – Reprodução/Inter

Inter 2024: reforços já, Coudet, Magrão e foco no Brasileirão

Algumas ideias para o segundo mandato, especialmente o primeiro ano, já foram passadas por Barcellos. Ao contrário de 2023, os principais reforços virão já no começo da temporada e o foco é buscar nomes para a defesa, meio e também ataque.

Sem um “plano B” para o posto de treinador, Barcellos espera já na próxima semana anunciar a renovação de contrato com Eduardo Coudet, de quem é inclusive amigo pessoal. Com Chacho, o Gerente Esportivo do clube, Magrão, também deve permanecer.

No calendário, o colorado terá na temporada que vem o Gauchão, a Copa do Brasil, a Sul-Americana e o Brasileirão. E a ideia do presidente é dar prioridade total ao campeonato nacional. Em entrevista antes da eleição, chegou a falar em fazer “38 finais” para buscar a taça que não vem desde 1979.

Os números da vitória de Barcellos sobre Melo nas eleições presidenciais do Inter:

  • Chapa 1 (Alessandro Barcellos): 15.994 votos (53,68%)
  • Chapa 2 (Roberto Melo): 13.531 votos (45,41%%)
  • Nulos: 157 votos
  • Total de votos: 29.696 + 4 apartados (ainda serão analisados)
  • Votos online: 27.961
  • Votos presenciais: 1.835
Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)