Baldasso diz estar sendo “boicotado” pela atual direção do Inter e vê ações ditatoriais: “Me colocam como inimigo”

Jornalista Fabiano Baldasso fez reclamações à gestão Barcellos em participação no Os Donos da Bola

Publicidade

Em tom de desabafo, o jornalista colorado Fabiano Baldasso usou o seu espaço no programa Os Donos da Bola-RS, da TV Bandeirantes, para questionar ações da gestão do presidente Alessandro Barcellos contra a imprensa e contra o seu alcance perante os colorados nas redes sociais e nos consulados.

Assumido como torcedor do Inter desde 2016, Baldasso trabalhou no Relacionamento Social do clube com foco na captação de sócios até o meio de 2020, quando estas ações foram interrompidas por conta da pandemia.

“Quero dar um depoimento pessoal. Há pouco tivemos a informação de que a direção do Inter está tendo a postura de ser indiferente com o que diz a imprensa. Eu sou um homem de imprensa. Podem não gostar de mim, mas eu sou o colorado que mais atinge colorados entre todos do mundo inteiro. Ninguém conversa mais com colorados em números que eu”, disse Baldasso, antes de acrescentar:

“Desde que me assumi colorado em 2016, eu sempre fiz com o maior prazer quando fui acionado para dar algum tipo de recado aos sócios. E por esta direção eu estou sendo boicotado. Essa direção me exclui de qualquer ação que se queira chegar ao sócio do clube. A atual direção me estabeleceu como inimigo porque sou crítico e não faço parte de uma turma pronta para elogiar tudo que se faz. Não venham com esse papo de indiferença, pois estão estabelecendo ações bem específicas sobre imprensa e ditatoriais”, ampliou.

Veja a reclamação: