Aquino descarta Lisca, elogia Aguirre e vê Roger com perfil “estudioso”; Barcellos prefere não falar em nomes

Candidatos à presidência do Inter indicam que não vão permanecer com Abel Braga em 2021

Publicidade

Faltando uma semana para as eleições presidenciais no Internacional, os candidatos Alessandro Barcellos e José Aquino Flôres de Camargo já indicaram que o atual treinador Abel Braga não deverá seguir para a temporada de 2021, que tem início oficial a partir do final de fevereiro. Mas o profissional que virá para ocupar o seu cargo ainda é uma incógnita.

Na terça-feira, os dois presidenciáveis participaram do programa Os Donos da Bola-RS da TV Bandeirantes e foram perguntados sobre o tema “treinador”. Aquino avançou em comentários sobre alguns nomes, enquanto Barcellos se limitou a dizer que já tem conversas avançadas com um técnico e um executivo:

“O Lisca não está no nosso conceito. O Diego Aguirre é um bom treinador. E a passagem dele pelo Internacional foi convincente. Com futebol intenso. Parece que seus últimos trabalhos não foram convincentes. O Roger (Machado) tem o perfil do estudioso. É um sujeito que estuda muito. Mas, agora, ficamos aí”, disse Aquino.

“Nós já estamos muito bem adiantados em uma equipe que possa lidar com esse processo: categorias de base, uso de ciência de dados e um futebol propositivo. O vice de futebol não está definido. Mas o técnico, e o executivo… (estão em conversas)”, avaliou Barcellos.

Também na terça-feira, o Zona Mista publicou um questionário com oito perguntas idênticas aos dois candidatos. Temas como uso da base, “influencers” colorados, Eduardo Coudet e CT de Guaíba foram tratados – leia clicando aqui.

A eleição colorada, que também renovará 50% das cadeiras do Conselho Deliberativo, acontece no próximo dia 15. Aproximadamente 60 mil sócios estão aptos ao voto de forma online.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)