fbpx

Apresentado no Porto, Léo Borges relembra história no Inter e deixa agradecimento: “Tudo que fizeram por mim”

Jovem lateral-esquerdo de 20 anos, assim como João Peglow, integrará o elenco do Porto B

Anunciado oficialmente nesta terça-feira no Porto, para integrar o time B português ao lado de João Peglow, Léo Borges voltou a falar do Inter demonstrando imensa gratidão pela ajuda que o clube colorado deu nos últimos anos. O jogador de 20 anos, formado nas divisões de base do Beira-Rio, foi emprestado por uma temporada com opção de compra fixada.

“A minha formação no Internacional, como pessoa e como atleta, foi muito importante para mim. Cresci muito lá e agradeço tudo o que eles têm feito por mim”, disse o lateral-esquerdo, que é natural de Pelotas-RS.

As primeiras chances de Léo Borges no Inter foram em 2020, ano em que esteve no elenco que venceu a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Nos últimos meses, perdeu espaço com a chegada de Paulo Victor, contratado junto ao Botafogo. Ele deixou o colorado com apenas 16 jogos no profissional.

“Estou muito agradecido pela confiança depositada em mim. O Porto é um clube que conheço desde pequeno, um clube que admiro e, por isso, para mim é um enorme prazer estar aqui. Gosto muito do futebol do Porto, é um clube que me agrada bastante e estou aqui para fazer história”, acrescentou Léo Borges sobre o Porto.

Desde 2020, a lateral-esquerda colorada tem ficado a cargo de Moisés, que, nesta semana, está suspenso por expulsão e não joga no domingo, 18h15, fora, contra o Flamengo, pelo Brasileirão. A tendência é que Paulo Victor entre automaticamente.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas