Apresentado no Palmeiras, Lomba admite que tinha outras possibilidades ao sair do Inter e elogia Weverton: “Um dos melhores do mundo”

Goleiro de 35 anos de idade estava no Beira-Rio desde 2016 e agora vive novo desafio

Novo goleiro do Palmeiras, o experiente Marcelo Lomba, de 35 anos, foi apresentado oficialmente no novo clube nesta terça-feira e admitiu ter tido outras possibilidades de transferências quando ainda estava no Inter. Ele justificou o porquê de ter dito sim ao atual bicampeão da Libertadores da América:

“Eu tinha outras possibilidades, poderia ir para fora do Brasil, mas quis vestir esta camisa. É uma academia de goleiros, desde o Marcos, que quando eu era jovem e estava começando ele era o goleiro da Seleção Brasileira. Eu vi os grandes goleiros do Palmeiras e me fez brilhar os olhos. É um ano especial, começamos com um campeonato muito importante e não vai faltar esforço”, admitiu.

Lomba, em tese, chega para ser reserva de Weverton, que vem sendo chamado constantemente por Tite à Seleção Brasileira:

“Sobre o Weverton, não tenho palavras, é um goleiro que está prestes a ir para a Copa do Mundo, e estamos na torcida para isso. Todos vamos trabalhar no dia a dia para representar bem o clube, independentemente de quem joga. São muitos jogos, calendário longo, dar total apoio. O Weverton é um dos melhores goleiros do mundo”, destacou Lomba, antes de falar dos primeiros contatos com o técnico Abel Ferreira:

“E uma das coisas que mais me impressionou, o Abel já chama no primeiro momento para conversar e mostra o que ele quer de reposição rápida, estilo de jogo dele, jogo com os pés. Só não posso passar muito spoiler (risos). É adaptação, concentração nos treinos para estar alinhado e em semanas estar pronto. Os treinos são muito fortes, estou bem empolgado e trabalho a cada dia para evoluir”, encerrou.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Notícias do Inter em primeira mão:

Veja também:

1 De 6
Comentários
Loading...