Notícias do Inter e notícias do Grêmio | Zona Mista

Após ser alvo de racismo na Ucrânia, Taison admite: “Está na hora de voltar”

Ídolo do Inter e colorado assumido, Taison passou por uma triste situação neste final de semana na Ucrânia. Defendendo o Shakhtar Donetsk diante do Dínamo de Kiev, no clássico local, ele foi alvo de racismo da torcida adversária e chegou a sair chorando de campo. O seu companheiro Dentinho, também brasileiro, foi atacado da mesma forma.

Nesta segunda-feira, em entrevista ao Bola Nas Costas, da Rádio Atlântida, o jogador admitiu que pensa em voltar ao Brasil:

“Depois de ontem, acho que está na hora de arrumar minhas coisas e voltar. Está difícil de voltar, eles recusaram uma proposta do Milan no meio do ano. Era 30 milhões de euros. Imagina pedir para voltar agora… 15 de dezembro estou aí de férias”, disse.

Taison, que foi alvo do Inter nas duas últimas janelas, tem contrato firmado na Ucrânia até junho de 2021.

O fato

Irritado com os insultos, o ex-colorado mostrou o dedo do meio e tentou chutar a bola na arquibancada respectiva desses torcedores. A reação lhe rendeu um cartão vermelho por parte da arbitragem. Em seguida, o jogador saiu chorando de campo. Dentro de campo, o Shakhtar Donetsk venceu o clássico diante do rival por 1 a 0, com gol de Krystov.

O próprio Inter usou as redes sociais para apoiar o atacante:

Estamos no Telegram e WhatsApp (Link)

    Estamos também no Telegram:
  • Clique aqui para entrar no grupo para acompanhar as notícias do Inter
    Estamos também no WhatsApp:
  • Clique aqui para entrar no grupo 24 para acompanhar as notícias do Inter.
  • Clique aqui para entrar no grupo 22 para acompanhar as notícias do Inter.
  • Clique aqui para entrar no grupo 21 para acompanhar as notícias do Inter.

Publicidade