Após o Brasileirão, Inter dá início à “limpa” no elenco; veja quem deve sair

Depois de cumprir com êxito o seu último compromisso do ano, ao bater o Atlético-MG de virada por 2×1 no Beira-Rio, neste domingo, o Inter passa a pensar apenas na temporada de 2020. E, nesta linha, iniciará nos próximos dias à faxina no elenco liberando uma série de jogadores, como:

  • Nico López, negociado com o Tigres, do México;
  • Tréllez, devolvido ao São Paulo;
  • Rithely, devolvido ao Sport;
  • Galdezani, devolvido ao Coritiba;
  • Emerson Santos, devolvido ao Palmeiras;
  • Bruno Silva, contrato encerrado;
  • Bruno, contrato encerrado;
  • Neilton, será devolvido ao Vitória.
Veja também:
1 De 6.114

D’Alessandro e Rafael Sobis têm contrato por acabar também em dezembro, mas, no caso de ambos, a direção já sinalizou com o desejo da permanência. As conversas devem se intensificar nos próximos dias.

Guilherme Parede e Danilo Fernandes também dependem de renovações contratuais. Patrick, Edenilson e Guerrero também são alvos de sondagens de clubes do exterior – o centroavante, no entanto, indicou neste domingo que vai permanecer.

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas