Após “luz alta” da direção, Ramírez definirá base de time e deverá dar sequência a dois jogadores pedidos pela torcida

Treinador está garantido no cargo apesar das fortes cobranças de torcedores nos últimos dias

O resultado de 5×1 do Fortaleza aplicado sobre o Inter no último domingo, na Arena Castelão, pela segunda rodada do Brasileirão, ligou o alerta na direção colorada. Pressionado, o técnico Miguel Ángel Ramírez foi mantido mesmo após algumas reuniões do Conselho de Gestão durante a segunda-feira. Mas o time não será mais o mesmo.

Por cobrança da própria direção, em uma espécie de “luz alta”, o espanhol precisará definir um time-base, um esqueleto de equipe, evitando constantes trocas a todo momento. Ramírez foi orientado a flexibilizar conceitos e proteger mais o sistema defensivo.

Segundo o jornalista Rodrigo Oliveira, da Rádio Gaúcha, o treinador enfim dará sequência a dois jogadores insistentemente pedidos pela torcida: o goleiro Daniel e o volante Johnny. Assim, Lomba e Rodrigo Lindoso devem sair.

Tanto Daniel como Johnny estiveram em campo na quinta-feira passada, quando o Inter, no Barradão, venceu o Vitória pelo placar de 1×0 pela ida da terceira fase da Copa do Brasil. Havia a expectativa de que ambos seguissem contra o Fortaleza, mas deixaram o time.

Um possível time para pegar o próprio Vitória, dessa vez em casa, na quinta, às 21h30, tem: Daniel; Saravia, Lucas Ribeiro, Víctor Cuesta e Moisés; Johnny, Edenilson e Taison; Maurício (Caio Vidal), Yuri Alberto e Patrick. 

  • Clique aqui para entrar em um grupo de WhatsApp e acompanhar as notícias do seu time.