Abel cita “erros graves”, diz que estava de costas em gol do Sport e evita terra arrasada: “Inter depende de si”

Confira mais detalhes da coletiva de imprensa do técnico colorado Abel Braga após a derrota no Beira-Rio

Publicidade

Depois da quebra de uma longa invencibilidade no Brasileirão, o técnico Abel Braga evitou fazer terra arrasada mesmo com a inesperada derrota de 2×1 do Inter para o Sport no Beira-Rio. O colorado tem um ponto de vantagem ao Flamengo na liderança, e encara o Vasco fora de casa no domingo. Veja as aspas do treinador nesta quarta-feira:

Derrota:

“Isso fatalmente ocorre com uma equipe ou outra, é normal. Nós não vamos deixar cair. O momento mais difícil que o Inter passou nesse campeonato foi quando eu cheguei. Chegamos a estar em 6° ou 7°, com 11 pontos atrás do São Paulo. E viramos. Nós nunca nos consideramos campeões, nunca garantimos ou prometemos campeonato, mas não posso esquecer, não podemos esquecer, falei para os meus jogadores, somos líderes. O Inter só depende de si”

Gols do Sport:

“Os dois gols foram em dois erros graves, mas, com um a menos, nós finalizamos 17 vezes contra 7, tivemos 59% de posse. Foi um jogo de ataque contra defesa”

Bola saiu no segundo gol?

“Até quando o cara cruzou, eu virei as costas para conversar com o banco. Pode ser que eu esteja enganado, mas para mim, a bola saiu. Se não saiu, foi um erro grave nosso. Eu não vi o lance. Virei pro banco e pedi pro Leomir a prancheta. Quando voltei, foi gol. Pensei que tivéssemos saído no tiro de meta e entregado a bola”

Patrick fora no domingo por suspensão:

“Eu não lamento ausência, contusão, vocês podem ver que tem um menino aí jogando muito, que é o Lucas. Perdi um zagueiro que era ótimo com o Cuesta, que é o Moledo. Nós vamos encontrar soluções”

Time nervoso?

“Não tem que estar pilhado de nada. Nós temos que entrar em campo [contra o Vasco] com tranquilidade e com seriedade, acreditando que nós podemos. Nós só dependemos de nós”

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)