Abel admite que chorou no vestiário pós-jogo e se despede do Inter: “Vou estar sempre torcendo”

Confira mais detalhes da coletiva de imprensa do técnico Abel Braga depois de Inter 0x0 Corinthians

Publicidade

Naquela que foi a sua última coletiva de imprensa do técnico Abel Braga no comando do Inter, o comandante mostrou enorme frustração e abatimento por conta da perda do título brasileiro. Uma vitória bastaria, mas o time não saiu de um 0x0 diante do Corinthians no Beira-Rio nesta quinta-feira e a taça acabou parando no Flamengo, que perdeu de 2×1 para o São Paulo.

Sincero, Abel admitiu que chorou no vestiário assim como praticamente todos os jogadores colorados – muitos deles desabaram ainda no gramado.

“Não sei se pela televisão dá pra ver a cor dos meus olhos. Foram só lágrimas no vestiário. As lágrimas desses jogadores expressa muito bem aquilo que tentaram conseguir. Um limite que parecia não ter fim. Esse é o maior legado, e esteve presente em todas as grandes conquistas que tive com o Inter”, declarou.

A direção do Inter deve, agora, partir para receber o espanhol Miguel Ángel Ramírez, e Abelão falou em tom de despedida:

“Eu saio orgulhoso das pessoas que trabalhei, das coisas que conquistei, e saio dando um até breve, um até logo, não sei. No futebol nunca sabemos o que vai acontecer amanhã”, disse, antes de encerrar:

“Vejo que as possibilidades do grupo são muito boas, justamente por essa mescla. Eles agora terão o Campeonato Gaúcho para crescer, ficar mais rodados, e o Inter ter um ano maravilhoso. Estarei sempre torcendo, independente da onde estiver”.

Confira a coletiva:

 

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)