A primeira manifestação de Fabiano Baldasso após Barcellos ser reeleito presidente do Inter

Jornalista foi um dos críticos de Alessandro Barcellos em sua primeira gestão no Inter

Publicidade

Crítico da gestão de Alessandro Barcellos em seu primeiro mandato, o jornalista Fabiano Baldasso elogiou o discurso do mandatário colorado depois de sua vitória, neste sábado, sobre o oposicionista Roberto Melo. Com mais três anos garantidos na presidência, Barcellos pregou a necessidade da pacificação no clube e reconheceu ter cometido erros, algo que foi visto com bons olhos pelo comunicador:

“Foi o melhor discurso que eu já ouvi até hoje de Alessandro Barcellos desde que ele se tornou presidente do Internacional. Ele deu um discurso de pacificação, que é a coisa mais importante que o Inter precisa passar neste momento. Ele poderia ter chegado ali em cima para xingar todo mundo, mas não. Ele deixou claro que todos juntos precisam fazer o clube ir para a frente. Foi o seu melhor discurso. Ainda disse: sabemos onde erramos e sabemos por onde acertar. É importante reconhecer os erros”, declarou Baldasso.

Baldasso ainda chamou a atenção para a divisão existente no Gigantinho, que abriu a votação e a apuração. Em determinado momento, um cordão de isolamento – como se fosse de torcidas opostas – dividia os representantes de cada chapa:

“Vocês sabem a minha opinião. Eu não gostei dos três primeiros anos de gestão. Não foram bons anos e ele não foi competente. Mas reconhecer erros é importante. Acima de tudo, o discurso de pacificação me parece o mais preponderante deste momento. Gostei. Ele não jogou gasolina, jogou água para apagar o fogo. As cenas no Gigantinho foram fortes. Havia cordão de isolamento entre as duas chapas. Gente, todos nós somos Internacional. O inimigo não veste vermelho, veste azul. Conte, Barcellos, com nosso apoio como colorados, mas com nossa cobrança para que as coisas sejam feitas da maneira correta”, ampliou Baldasso em seu canal.

Barcellos
Barcellos continuará comandando o Inter até 2026 – Foto: Divulgação/Inter

Elogiado por Baldasso, Barcellos fala em títulos

Planejando manter o técnico Eduardo Coudet, o Gerente Esportivo Magrão, trazer reforços já para as próximas semanas e focar no Brasileirão, Barcellos citou a necessidade de títulos em um trecho do seu discurso após a vitória:

“Valor importante do clube do povo, da nossa gente, da nossa torcida, que soube compreender as dificuldades dos primeiros anos com uma gestão comprometida com o futuro do clube e não com o passado. O passado não tem dono. O passado é dos colorados. Essa eleição nos dá oportunidade agora de juntarmos os colorados, de estarmos unidos todos nós, para que as coisas comecem a acontecer como a gente quer e para que os títulos venham”, disse o presidente.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)