A aposta que Edenilson empatou com Uendel logo na sua primeira temporada no Inter

Volante do Atlético-MG fez considerações sobre o Inter em entrevista ao jornalista Duda Garbi

Publicidade

Logo em sua primeira temporada com a camisa do Inter, a de 2017, Edenilson fez uma divertida aposta com o lateral-esquerdo Uendel, que também chegava ao clube naquele mesmo ano. Quem faria mais gols entre os dois? No final das contas, a disputa terminou empatada com apenas um gol para cada um.

Edenilson contou a história em entrevista concedida ao jornalista Duda Garbi, no YouTube, onde disse ter evoluído taticamente após a sua passagem por Genoa e Udinese, na Itália. Mais recentemente, diz ter passado a se cobrar mais por gols:

Veja também:
1 De 6.010

“Acho que, na Europa, o que mais aprendi foi na questão tática do jogo. Depois, no Inter, eu me cobrava para fazer mais gols, chegar mais ao ataque. E fui melhorando. No primeiro ano, eu apostei com o Uendel, o lateral-esquerdo, sobre quem faria mais gols. E ficamos empatados em 1×1 (risos). Depois, nas últimas temporadas, se eu não fizesse uns 10 gols no ano eu já me incomodava”, comentou.

“Era o momento de sair”, diz Edenilson

Depois de cinco temporadas sem títulos de expressão conquistados, Edenilson entendeu que era o momento certo de sair do Inter no final de 2022. Atualmente, ainda busca ter espaço no elenco do Atlético-MG:

“Acho que era o momento de sair. Ter novos ares. Para todo mundo é bom. Peguei esse período de, infelizmente, o clube não ter conquistas. Quem fica, fica com essa marca. O próprio Mano Menezes tinha entendido isso e tivemos essa conversa. As vaias que eu vinha tendo prejudicava o time e os outros jogadores ficavam retraídos. Não tenho essa vaidade de querer jogar de qualquer jeito. No Brasil, isso é cultural. No meio do jogo já se acha um culpado”, salientou Edenilson.

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas