fbpx

Utilização de pontas, posição de Liziero, 3-5-2… confira algumas das ideias de Medina para a sequência do Inter em 2022

Técnico Alexander Cacique Medina segue pedindo tempo para a construção do melhor Inter

Ainda pedindo mais tempo para a construção do melhor Inter possível, o técnico Alexander Cacique Medina passou algumas das suas ideias para a sequência da temporada do clube em entrevista concedida à Rádio Gaúcha. Parte dos novos conceitos de atuação já poderão – ou não – aparecer na estreia da Sul-Americana, nesta quarta, 21h30, fora, contra o 9 de Octubre, na primeira rodada da fase de grupos.

Ao jornalista Rodrigo Oliveira, Medina confirmou que vai seguir jogando com pontas, deixou claro que Liziero na lateral é apenas momentâneo e sugeriu que até mesmo o esquema com três zagueiros pode pintar futuramente. Um resumo das ideias do treinador:

  • Priorizará o uso de pontas por querer “velocidade e intensidade”
  • Quer Edenilson jogando “mais perto do gol”
  • Tem treinado o sistema 3-5-2 como possível alternativa
  • Liziero voltará ao meio de campo assim que Moisés se recuperar
  • Quer que o 1° e o 3° Gre-Nal da temporada sejam “modelos” de atuação do time

Especificamente no caso de Liziero, Medina confirmou que foi um opção emergencial no último Gre-Nal por conta da lesão de Moisés, que ainda deve levar duas semanas para voltar de lesão no joelho. Paulo Victor, que seria a outra opção, não convenceu nos jogos do Gauchão que ganhou chance.

“No último Gre-Nal, tivemos a lesão de Moisés e a expulsão de Paulo Victor. Então, colocamos o Liziero na lateral porque ele já tinha jogado duas vezes no São Paulo nesta função. E ele rendeu bem, nos deu criatividade na primeira linha, mas não é sua posição. Ele é um volante que deu uma mão em benefício da equipe. Pode ser que em alguma outra oportunidade, em caso excepcional, ele jogue de novo. Porque, no Gre-Nal, nós atacamos muito e quase não defendemos. Em outras situações, pode ser mais complicado. Não o vejo jogando ali muito tempo, e sim em partidas que necessitemos”, declarou o treinador.

Um dos pontas pedidos por Medina foi Carlos de Pena, apresentado nesta semana e que está no Equador com o time podendo estrear logo mais contra o 9 de Octubre. O treinador trabalhou com o uruguaio no Nacional, do Uruguai. Após dar a largada na competição continental, o Inter rumará para Belo Horizonte focando na estreia do Brasileirão no domingo, 16h, frente ao Atlético-MG.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas