Taison se emociona em entrevista após eliminação, defende Ramírez e admite fase complicada: “Vai ser f…”

Atacante colorado chegou a se emocionar ao lamentar a queda na Copa do Brasil para o Vitória

Capitão e líder do elenco desde a sua volta ao Inter no início da temporada, Taison chegou a se emocionar e embargar a voz na coletiva de imprensa dada depois da derrota de 3×1 para o Vitória, no Beira-Rio, nesta quinta-feira, que eliminou o clube logo na sua primeira rodada na Copa do Brasil.

O experiente atacante saiu em defesa do grupo, apoiou Miguel Ángel Ramírez e admitiu que a fase é complicada:

“A culpa não é só dele (Ramírez). Nós jogadores também somos culpados. A gente é que entra em campo. Somos treinados para fazer as coisas, que por vezes não acontecem. E a culpa cai no treinador. Temos que saber o que fazer de melhor. A cabeça está desse tamanho. Vai ser f… eu preciso de todos bem com a cabeça, e eu também. Agora é descansar e pensar no domingo”, disse Taison, antes de acrescentar:

“As conversas do vestiário ficam ali. Nosso primeiro tempo foi muito bom, tivemos chances, infelizmente não fizemos. O futebol faz coisas que a gente não acredita. Somos culpados pela eliminação. Eu assumo muito essa culpa”.

Taison ainda falou do jovem zagueiro Pedro Henrique, que foi expulso pela segunda partida seguida:

“Pensar em ajudar o Pedro, que é um menino e infelizmente foi expulso novamente. Se tiver que botar a cara pra bater pelos meus companheiros, vou botar”.

Confira a entrevista do atacante:

  • Clique aqui para entrar em um grupo de WhatsApp e acompanhar as notícias do seu time.