fbpx

Saída de Ferreira reforça caixa, e Grêmio superará marca de R$ 200 milhões em vendas nesta temporada

Negociação do atacante ao Atlanta, dos Estados Unidos, gerará mais lucro ao Grêmio

Destaque do time do Grêmio até ter lesão no joelho no último Gre-Nal, Ferreira teve negociação encaminhada no início desta semana ao Atlanta, dos EUA, que notificou o tricolor de que irá pagar a sua multa rescisória de 8 milhões de euros. Trata-se de mais uma transação que mantém a rotina gremista de fazer grandes vendas.

Ferreira, desta forma, se somará a Matheus Henrique e Ruan, que estão com vendas encaminhadas ao Sassuolo, da Itália. Vale lembrar que, ainda em 2021, o Grêmio lucrou com a ida de Pepê para o Porto. Levantamento do jornalista Saimon Bianchini, da Rádio Gaúcha, mostra que, com o quarteto, o Grêmio terá feito mais de R$ 200 milhões em vendas de atletas no ano.

Pepê: R$ 70 milhões
Matheus Henrique e Ruan: R$ 92 milhões
Ferreira: R$ 49 milhões

O Grêmio não ficará com 100% do valor e terá de dividir o valor entre os outros participantes dos direitos do atleta. Ao tricolor, cabe a faixa de 50% da venda, isto é, 4 milhões de euros (R$ 24,8 milhões).

“Todos clubes brasileiros operam com déficit. O Grêmio cobre ele com vendas. As vendas feitas ao longo do ano cobrem este rombo, digamos assim. Os recursos que vem do Matheus Henrique e do Ruan ainda não vieram porque os acordos ainda estão sendo feitos. Se o depósito da multa rescisória do Ferreira se confirmar, vem à vista. Estamos com cash“, garantiu o vice de futebol Marcos Herrmann na última terça.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas