Repórter diz ter encontrado Michael em aeroporto e revela reação após perguntar sobre o Grêmio

Atacante Michael é o grande sonho do técnico Renato Portaluppi no Grêmio para 2023

Publicidade

Ao voltar da cobertura de Cruzeiro 0x1 Grêmio pela Copa do Brasil na quarta-feira, o repórter Matheus D’Avila, da Rádio Bandeirantes, teve um encontro com o atacante Michael, do Al-Hilal, da Arábia Saudita. Casualmente, o jornalista esbarrou com o jogador no saguão do Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, onde realizou escala antes de voltar a Porto Alegre.

D’Avila, em relato para o canal A Dupla, no YouTube, revelou ter tentado tirar algumas palavras de Michael sobre o Grêmio e sobre o futuro, uma vez que ele segue sendo o grande sonho do técnico tricolor Renato Portaluppi para a próxima janela em julho:

“Eu estava vindo de Belo Horizonte e lá no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, tive um encontro inesperado. Tão inesperado que nem registrei em imagem. Eu estava na fila do embarque do meu voo para Porto Alegre e olhei para trás para ver o ambiente. Aí eu vejo uma pessoa de boné enterrado na cabeça e cheia de malas passando pelas pessoas da fila do embarque para Porto Alegre. Identifiquei esta pessoa: era o Michael”, contou o jornalista, antes de terminar:

“Ele está no Brasil. Só que eu tinha que embarcar pois o meu voo sairia em minutos. Mas, para tentar tirar alguma coisa, saí rapidamente da fila e gritei para o Michael: ‘Michael, o voo para Porto Alegre é aqui, cara’. Aí ele olhou para o lado, riu. Eu me aproximei dele meio que correndo e aí eu fiz a pergunta que todos fariam para ele: ‘Vai jogar no Grêmio e está voltando para isso?’. Ele disse: ‘Eu vim porque estou de férias hoje’. E saiu rindo rapidinho”.

Renato falou novamente sobre Michael

Nesta sexta, durante coletiva de imprensa no CT Luiz Carvalho, Renato voltou a falar de Michael e admitiu ter conversas frequentes por telefone com o jogador. Ambos trabalharam juntos no Flamengo em 2021 e seguem mantendo relação de amizade:

“O Michael é um sonho nosso. Mas sonhar e ter são coisas diferentes. Eu converso duas ou três vezes por semana com ele. Esse seria o jogador diferencial? Ele é diferencial. Só esse? Eu, como treinador, quero mais, mas aí entra o problema financeiro do clube. É um jogador que nos ajudaria bastante. Ele tem interesse em jogar no Grêmio, mas aí é da diretoria, a parte financeira. Independentemente disso, eu gosto de conversar com ele. Ele é “chatinho”, mas gosto dele. Ele me liga e eu até brinco: “Está ligando por quê?”. Ele diz: “É que não tenho o que fazer, não falo a língua de ninguém aqui”. Eu brinco, mas gosto de falar com ele, é sempre bom”, comentou Renato, em declaração registrada por GZH, para depois finalizar:

“A gente tem trocado ideias. Tenho certeza de que pelo menos um vai chegar. Qual deles não sei, talvez possamos ainda convencer o presidente a contratador dois ou três. É importante reforçar. Se puderem me dar esses jogadores, a gente pode pensar mais alto em termos de Copa do Brasil e Brasileirão. Estamos bem nas duas competições, até mesmo na Copa do Brasil, onde muita gente achava que não ia dar certo”.

Confira mais informações do time gaúcho:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas