fbpx

Presidente do Grêmio se diz otimista por Douglas Costa e cobra seis pontos contra Corinthians e Ceará

Romildo Bolzan Jr, em tom otimista, concedeu entrevista à Rádio Gaúcha nesta sexta-feira

Apesar da frustração na torcida causada pela lesão de Douglas Costa, que sentiu o músculo da coxa esquerda e deve ficar um mês afastado, o presidente gremista Romildo Bolzan Jr está otimista com a situação do camisa 10 e acredita, conforme disse à Rádio Gaúcha, que o jogador poderá até voltar antes desse tempo.

Em uma previsão bem generosa, Bolzan confia na presença do meia-atacante na partida de volta das quartas da Copa do Brasil contra o Flamengo, no Maracanã, dia 15.

“Conversei com os médicos ontem (quinta-feira) e eles fizeram uma avaliação, embora seja bastante conservadora, de que ele ficará quatro semanas de fora. Mas também pode ser alentadora, no momento que teremos duas semanas livres para intensificar a recuperação do jogador”, disse o mandatário, antes de acrescentar:

“Já tínhamos esta situação quando fizemos a análise clínica do jogador, mas todos recomendaram a sua contratação. Às vezes, acontece isso por uma situação de jogo. O que se pode dizer do Bruno Henrique (jogador do Flamengo), que também se lesionou durante a partida? O Douglas está buscando retomar sua condição, vai sofrer algumas descontinuidades, mas tudo isso estava previsto e acho que vamos ter o Douglas antes. Acho que em três semanas ele vai estar com a gente de novo. Quem sabe no jogo contra o Flamengo, no dia 15”.

Projeção dos próximos jogos

Pela frente, o Grêmio tem o Corinthians neste sábado às 21h e depois o Ceará, também na Arena, no dia 12. Bolzan, na mesma entrevista, deixou claro o quanto será importante fazer os seis pontos pelo Brasileirão:

“Temos o jogo contra o Corinthians e depois vamos jogar contra o Ceará, já que o jogo com o Atlético-MG foi suspenso. Vamos jogar duas partidas em casa. É um momento que se impõe. Eu diria que nem é um momento de oportunidade. Se impõe nós fazermos os seis pontos para encaminharmos a tabela. É isso que acontece. Essa é a nossa realidade. E tem que ser assim para depois que passarem esses seis pontos, e verificarmos com dois jogos atrasados (Flamengo e Atlético-MG), aquilo que é a nossa perspectiva no campeonato”, encerrou.

Em caso de vitória diante dos paulistas logo mais, o Grêmio deixa enfim a zona do rebaixamento. Mas, até lá, segue em 17° com 16 pontos.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas