Matheus Henrique diz que Kannemann “se transforma” em dia de jogo e põe Maicon entre os três melhores volantes do mundo

Confira alguns trechos da entrevista concedida pelo volante ao Bolívia Talk Show, do Desimpedidos

Publicidade

Em uma divertida entrevista dada ao Bolívia Talk Show, do Canal Desimpedidos, o volante gremista Matheus Henrique comentou sobre as lideranças do elenco dirigido por Renato Portaluppi e não teve dúvidas em afirmar qual é o jogador que mais pega pesado nas cobranças: Kannemann.

“O Renato fora de campo (cobranças) e dentro de campo o Kannemann. O Geromel é parceiro, é de São Paulo também, a gente se entende. O Kannemann, eu te falo, no dia a dia é tranquilo. Mas no dia de jogo o cara se transforma”, declarou o camisa 7.

Outra liderança do elenco tricolor citada por Matheusinho foi Maicon, considerado pelo colega como um dos três melhores volantes do mundo:

“Está para encerrar a carreira, que sempre falo que sempre me encantou, que é o Iniesta. Vou falar outro, mas não é só porque eu jogo do lado dele, mas é o Maicon. E outro é o Verratti”, declarou.

Parceria com Nonato

Rivalidade à parte, Matheus Henrique mantém em Porto Alegre uma longa amizade formada nos tempos de São Caetano com Nonato, meia do Inter. Na mesma entrevista, o jogador tricolor detalhou como é a relação com o amigo:

“Não dá pra sair junto, aí vira polêmica. Aí acaba que eu vou na casa dele, ele vem na minha. Eu acho ele um craque. Essa história de que ele é melhor que eu veio de uma entrevista de um dirigente do São Caetano (risos). Tem brincadeiras sim, a gente tem um grupo com outros amigos de São Caetano e eles botam pilha quando tem Gre-Nal. Teve aquele jogo que ele foi expulso em cima de mim no lance, aí teve brincadeira. A gente tira uma onda, sim”, colocou.

Confira a entrevista na íntegra:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)